Quarta-feira, 19 de Novembro de 2008

{136} Á balda

Eu, que sou tão obcessivo com os números, (como se vê pelos posts) resolvi escrever de novo "Á balda" sem me preocupar com a numeraçâo. Sei que escrevi alguns com esse título e outros que, sem o terem, também o poderiam ter tido. Mas na disposição em que hoje estou, tanto faz,

Escrevo, pois, sem propósito definido (ao contrário dos meus posts mais recentes -- que, já agora, me deram um trabalhão, a começar pelas pesquisas para as escolhas e a continuar com as minhas "lutas" com o computador...), É mais para desabafar...

A blogofera é dúbia. Tanto pode ser estimulante como desencorajante. E muito depende dos comentários. Por eles se sabe do interesse que os nosssos esforços suscitam. É óbvio que, salvo algum masoquista, escrevemos para sermos lidos e apreciados. E é através dos comentários que nos podemos dar conta dessa apreciação.

Talvez hajam pessoas para quem isto que digo seja irrelevante. Para mim não é. Por exemplo, foram os comentários (ou a sua ausência) que me levaram a abandonar um tema (e a trabalhá-lo para uma revista da especialidade -- o que foi uma boa decisão).

Mas há peças que faço para o blog -- e não poderia fazê-las para outro sítio, com as características que têm -- e que sinto que não têm a resposta que esperava,

Talvez tudo isto seja muita pesporrência minha -- e estou aberto a todas as críticas -- mas naquilo que em economia se chamaria uma análise custos/benefícios não posso deixar de me sentir defraudado.

Provavelmente o melhor é deixar de investir tanto nos posts que faço e passar a publicar umas banalidades. Então estar-me-ei nas tintas para as repercussões que tenha.

A ver vamos. Por hoje e por agora já chega. Até ao próximo "Á balda"...

 

 

publicado por Transdisciplinar às 17:54
link do post | comentar | favorito
17 comentários:
De Carminda Pinho a 19 de Novembro de 2008 às 20:26
José Carlos, porque não muda para o blogger? Ahahah!
Sabe que me vi grega para saber que você tinha um blog? é que quando lia os seus comentários, normalmente na Mdsol, achava sempre que era um anónimo que assinava José Carlos. Até ao dia em que deixou um comentário lá no Forum e por baixo da assinatura reparei que estava Transdisciplinar. Fiz uma pesquisa no google e, foi assim que aqui vim parar,:)))

Boa noite, amigo.
Um abraço


De Transdisciplinar a 19 de Novembro de 2008 às 21:32
Não , Carminda , não mudo para o Blogger ! Até porque acho que são muito mais restritivos que o Sapo. Não me agradam as exigências que fazem. Mas por causa da sua observação vou sempre passar a pôr "transdisciplinar " por baixo do nome (com a MDOSOL era só uma questão de ela saber que era eu que fazia o comentário .)
Em qualquer caso obrigado pela sua preocupação.

:)) e um abraço do José-Carlos


De Transdisciplinar a 23 de Novembro de 2008 às 00:22
Carminda,
Escrevo-lhe aqui, em desespero de causa, porque há dois dias que tento deixar-lhe comentários no seu blog e não consigo ! Usando a indicação email do seu perfil até lhe escrevi 3 vezes . Nada. Não seguem. Tentei usar a minha conta Google e também não consegui nada.
Com outros assinantes do Blogger , como p. e. a MDOSOL , não tenho estes problemas. Não percebo o que se passa com o seu blog. Certamente não sou só eu a ter estes problemas. Veja o que se passa com a ligação do seu blog ao Blogger e diga alguma coisa. Sem uma solução não me resta senão a de a retirar da lista dos blogs que vejo quotidianamente. Assim é demasiadamente frustrante ..
Amigavelmente José-Carlos


De Sofia Loureiro dos Santos a 19 de Novembro de 2008 às 23:17
José Carlos,
um blogue temático pode tornar-se mais limitativo do que um blogue generalista, em que se escreve mais à balda. Talvez a blogosfera tenha um pendor mais diarístico!


De Transdisciplinar a 20 de Novembro de 2008 às 17:50
Obrigado, Sofia, pelo seu comentário tão compreensivo.


De Sofia Loureiro dos Santos a 20 de Novembro de 2008 às 22:42
Eu não quis dizer que um blogue temático era menos interessante. Mas pode ser mais aberto a comentários se for mais generalista e mais superficial. Na verdade poucas são as pessoas que discutem aprofundadamente assuntos a sério , que não sejam os triviais do dia a dia. Além disso a publicação em blogue é um pouco imediatista.


De Transdisciplinar a 21 de Novembro de 2008 às 00:20
Muito obrigado , Sofia, por continuar a preocupar-se com o meu blog. As suas sugestões são sempre bem-vindas. Só hesito quanto à superficialidade : o seu blog é tudo menos superficial, quer quando escreve sobre""política e sociedade ", quer quando nos dá pintura e sobretudo as suas poesias...
(Já agora : ainda não percebi porque é que tenho mais "sucesso" com o meu blog francês ( se estiver interessada chega lá por" transdisciplinaire ") do que com o de cá.)


De mdsol a 20 de Novembro de 2008 às 20:50
Caro José_Carlos:

Eu que cheguei ao seu blog por causa do tema (o título "transdisciplinar" chamou-me até aqui) nunca me senti com capacidade para o comentar devidamente. Se se lembra, no início, ainda deixei umas perguntas, porque, de facto, eu queria aprender "coisas" nesse âmbito. Mas, de querer aprender a ser capaz de comentar vai um passo importante.
Agora, o que também lhe quero dizer, é que também aprendo com os seus posts mais "generalistas" chamemos-lhe assim. E gosto muito de ler os seus "à balda"! Não se esqueça que tem uma cultura, experiência e conhecimento que, mesmo à balda, vêm sempre ao de cima. Que fique claro, para mim é um prazer e um privilégio ler o seu blog!
:)))


De Transdisciplinar a 20 de Novembro de 2008 às 21:43
Caríssima MDOSOL,

É tão simpática que nem sei como lhe responder nos devidos termos. Ontem, quando escrevi aquele maldito post (de que me arrependo) estava muito "em baixo". Fico-lhe muito grato pelos encorajamentos.
São as pessoas como si que me levam a continuar o blog !
Muito grato (e, si j'ose dire , com muito carinho)

:))))


De cristal a 20 de Novembro de 2008 às 23:08
Infelizmente tenho andado tão ocupada com obrigações que pouco tempo me sobra para as "devoções". Hoje só quero fazer minhas as palavras da Maria do Sol. Sobretudo a parte de ser sempre um enorme prazer ler o que o José Carlos escreve seja qual for o tema. E estes "à balda" são também muito importantes para mim. Um dia espero poder explicar-lhe porquê.


De Transdisciplinar a 21 de Novembro de 2008 às 00:36
São comentários como o seu que me animam para continuar !(E fico cheio de curiosidade para saber a sua explicação do porquê...)


De adignidadedadiferenca a 22 de Novembro de 2008 às 01:31
Pelo que tenho reparado, parece-me que não tem muitos comentadores, mas os que o comentam demonstram-lhe smepre a sua fidelidade e admiração pelo que escreve. Não será isso mais importante do que ter muitos "papagaios" a encher páginas inteiras de comentários? Julgo que quem o comenta percebe bem e é receptivo ao que o José Carlos escreve. Eu gosto do seu blog. Seja por escrever à balda, por reagir quando se sente insatisfeito ou por divulgar coisas de que gosta e que deseja partilhar com os outros. Gostava de o visitar mais vezes, mas tenho tido muito pouco tempo, inclusivamente para dedicar ao meu blog. Um abraço.


De Transdisciplinar a 22 de Novembro de 2008 às 02:37
O seu comentário é daqueles que me fazem continuar na blogosfera . Agradeço a sua sensibilidade para os meus estados de espírito. A sua falta de tempo (dou-me conta dela porque, embora muitas vezes não comente, o seu blog faz parte da pequena lista que que sigo com regularidade) faz-me apreciar ainda mais a atenção que teve em mandar-me este comentário.
Um abraço com estima do José-Carlos


De Carminda Pinho a 23 de Novembro de 2008 às 02:09
Caro José Carlos,
só agora vi o email que me chegou, para o meu endereço do hotmail.
Não tenho tido problemas em receber comentários, pelo menos que alguém mo tenha dito.
A verdade é que o meu endereço de email que tenho no perfil, é para onde vão os comentários do blog, e de quem me contacta através dele, endereço.
Vou fazer uma experiência: vou enviar este comentário com os dados que introduzi, aqui no seu blog para poder comentar, e depois mudo o endereço de email e torno a enviar o mesmo comentário. Veremos se existirá alguma diferença.
Lamento, mas como calculará não fiz nada para que isto acontecesse.
Abraço


De Carminda Pinho a 23 de Novembro de 2008 às 02:10
Caro José Carlos,
só agora vi o email que me chegou, para o meu endereço do hotmail.
Não tenho tido problemas em receber comentários, pelo menos que alguém mo tenha dito.
A verdade é que o meu endereço de email que tenho no perfil, é para onde vão os comentários do blog, e de quem me contacta através dele, endereço.
Vou fazer uma experiência: vou enviar este comentário com os dados que introduzi, aqui no seu blog para poder comentar, e depois mudo o endereço de email e torno a enviar o mesmo comentário. Veremos se existirá alguma diferença.
Lamento, mas como calculará não fiz nada para que isto acontecesse.
Abraço


De Carminda Pinho a 23 de Novembro de 2008 às 02:12
Volto ainda para dizer que não comento agora o post, por absoluta falta de tempo. Outro dia o farei.:)))


De Transdisciplinar a 23 de Novembro de 2008 às 03:53
Os dois comentários chegaram absolutamente em ordem.(E este também.) Mas isso não obsta a eu não conseguir enviar-lhe comentários.
Já é tarde . Deixemos para amanhã.
:)))


Comentar post

.mais sobre mim

.Copyright

.Visitas

.pesquisar

 

.links

.tags

. todas as tags

.favorito

. [32] CULTURA COMBINATÓRI...

. [30] Conhecimento

. Ainda sobre o Dharma (2)

. Ainda sobre o Dharma

. Citando...

. FRAGMENTOS PARA UM DEBATE

. CULTURA COMBINATÓRIA (2)

. CULTURA COMBINATÓRIA (1)

.posts recentes

. Triste notícia

. {191} Sarah Vaughan

. {190} Aretha Franklin

. {189} Nina Simone

. {188} George e Ira Gershw...

. {187} Miles Davis & John ...

. {186} Fabio Biondi

. {185} Vivaldi -- Inverno

. {184} Nus em arte

. {183} Bach / Gulda

. {182} Vieira da Silva

. {181} Retorno

. {180} Billie Holiday - "S...

. {179} E, ainda, música

. {178} Herberto Helder (8...

. {177} Socorro !!

. {176} Bach / Gulda / Jazz

. {175} Thelonious Monk

. {174} Encore B & B

. {173} Stabat Mater

. {172} Continuando Gershwi...

. {171} Dos irmãos Gershwin...

. {170}....

. {169} Não há pachorra !

. {168} Gershwin

. {167} Brel e Béjart

. {166} Novamente "À balda"...

. {165} Edgar Morin e a com...

. {164} India Song

. {163} Dois temas

. {162} Ne me quitte pas

. {161} Eugénio de Andrade ...

. {160} Herberto Helder (7...

. {159}A propósito da morte...

. {158} Zeca Afonso

. {157} General Delgado

. {156} Ballet (2)

. {155} Ballet (1)

. {154} Herberto Helder (6...

. {153} Relembrando "Casabl...

. {152} Camané

. {151} "Clair de Lune"

. {150} "I've Got Rhythm"

. {149} Luiza Neto Jorge

. {148} Dharma (11)

. {147} Caetano canta Amáli...

. {146} Ella Fitzgerald

. {145} Dharma (10)

. {144} Jimmy Smith - 2

. {143} Jimmy Smith

blogs SAPO

.subscrever feeds