Sexta-feira, 7 de Novembro de 2008

{128} Religião e espiritualidade (Dharma - 9)

Desde 2 de Setembro, e dos meus diálogos com a Wolkengedanken, que não escrevo nada sobre o Dharma.

 

(Parentesis : entretanto ela, que é austríaca, esteve cá e tive a experiência interessante de jantar e conversar pessoalmente com uma pessoa com quem os únicos contactos, até aí, tinham sido por interpostos blogs. Ela até publicou depois uma fotografia minha no blog dela -- para os curiosos, o link do blog da Wolkengedanken está na lista no meu blog.)

 

Hoje, ao procurar uma citação na Ética para o Novo Milénio, do Dalai Lama, encontrei um trecho que me pareceu interessante reproduzir aqui, porque respeita a um dos assuntos que mais se presta a confusões quando está em causa o Dharma. Aqui vai :

 

Penso que há uma importante distinção a fazer entre religião e espiritualidade. Considero que religião diz respeito à crença numa forma de salvação específica a cada tradição, um aspecto dessa religião consiste na crença numa realidade metafísica ou sobrenatural que inclua, por exemplo, a noção de céu ou de nirvana. Ligam-se a ela os ensinamentos religiosos ou dogmas, os rituais, a oração, etc. Considero que espiritualidade diz respeito ao cuidado a ter com as qualidades do espírito humano como o amor e a compaixão, a paciência, a tolerância, o perdão, o contentamento. o sentido da responsabilidade e da harmonia, que trazem felicidade para si e para os outros. (...)

(...) parece que há muita confusão, tanto entre crentes como não crentes, sobre em que consiste a prática espiritual. A característica comum a todas as qualidades que descrevi como "espirituais" é o interesse pelo bem-estar dos outros. (...) Mas implica também transformarmo-nos a nós próprios de forma a estarmos mais facilmente dispostos a fazê-lo. Falar de prática espiritual em termos que não  estes não tem significado.

O meu apelo para uma revolução espiritual não vai no sentido de uma revoluçâo religiosa. (...) É mais um apelo para reorientarmos radicalmente a nossa visão de forma a afastá-la das preocupações habituais centradas no eu. É um apelo para considerarmos a comunidade mais alargada de seres com os quais estamoa ligados e para adoptarmos por uma conduta que reconheça os interesses alheios em pé de igualdade com os nossos.

(...)

O meu ponto de vista (...) [que se apoia] apenas no senso comum normal, é que é possível estabelecer princípios éticos vinculativos se tomarmos como ponto de partida o corolário de que todos desejamos a felicidade e queremos evitar o sofrimento.

publicado por Transdisciplinar às 20:33
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De cristal a 7 de Novembro de 2008 às 22:46
Muito bom o texto. De facto existe uma grande confusão entre espiritualidade e religião e aqui está muito claramente feita a distinção. Para mim houve um tempo, já há muito tempo, em que foi fundamental fazer essa distinção. Creio que consegui, mas não é fácil explicar aos outros como mantenho uma profunda religiosidade interior e sou profundamente desligada de tudo o que se me apresente, como religião. Obrigada pelo seu comentário no "sem tom nem som". Tentando retribuir a delicadeza que costuma ter para comigo, já comentei lá, o seu comentário. :)


De Transdisciplinar a 8 de Novembro de 2008 às 00:22
E já lá fui ler. Custa-me sempre muito a noção das nossas incapacidades para resolver os gravíssimos problemas com que tantas pessoas se debatem.
Quanto à religião versus Dharma , eu já tinha publicado antes um texto do meu Lama-raiz sobre o tema (assim como o debate religião/filosofia), Mas já se passou algum tempo, as pessoas, como é óbvio, não se dão ao trabalho de andarem à procura de posts atrasados , e pareceu-me que este vinha a calhar. Ainda bem que a interessou .
:))


De W. a 9 de Novembro de 2008 às 17:50
Mutio interessante definicao de espiritualidade !! Até ha pouco tempo Espiritualidade era uma palavra que nao existia no meu vocabulario activo e religiao era principalmente "opio para o povo". Mantenho o conceito do opio referente as religioes organizadas, mas vejo - e com grande alegria - que a espiritualidade segundo esta definicao cabe na minha filosofia da vida.

E o que tanto admiro no Dalai Lama e a completa ausencia de fanatismo ou até da conviccao de ter o monopolio da "verdade".




De Transdisciplinar a 9 de Novembro de 2008 às 18:11
Tens toda a razão !
:))))))


De outraidade a 12 de Novembro de 2008 às 16:03
Claro que se trata de um texto de alguém com uma clarividência superior. Cada ser faz a sua religiosidade de acordo com a sua espiritualidade. Uma não tem que ser antagónica da outra. A nossa "culturalidade" é que muitas vezes nos deturpa os conceitos. Fiquei feliz por voltar a este tema.


De Transdisciplinar a 12 de Novembro de 2008 às 20:29
Se ficou feliz atrevo-me a sugerir-lhe que passe pelo meu blog francês onde publiquei um texto que me parece muito bom (talvez porque o autor é o meu Lama-raiz ...)
:))


Comentar post

.mais sobre mim

.Copyright

.Visitas

.pesquisar

 

.links

.tags

. todas as tags

.favorito

. [32] CULTURA COMBINATÓRI...

. [30] Conhecimento

. Ainda sobre o Dharma (2)

. Ainda sobre o Dharma

. Citando...

. FRAGMENTOS PARA UM DEBATE

. CULTURA COMBINATÓRIA (2)

. CULTURA COMBINATÓRIA (1)

.posts recentes

. Triste notícia

. {191} Sarah Vaughan

. {190} Aretha Franklin

. {189} Nina Simone

. {188} George e Ira Gershw...

. {187} Miles Davis & John ...

. {186} Fabio Biondi

. {185} Vivaldi -- Inverno

. {184} Nus em arte

. {183} Bach / Gulda

. {182} Vieira da Silva

. {181} Retorno

. {180} Billie Holiday - "S...

. {179} E, ainda, música

. {178} Herberto Helder (8...

. {177} Socorro !!

. {176} Bach / Gulda / Jazz

. {175} Thelonious Monk

. {174} Encore B & B

. {173} Stabat Mater

. {172} Continuando Gershwi...

. {171} Dos irmãos Gershwin...

. {170}....

. {169} Não há pachorra !

. {168} Gershwin

. {167} Brel e Béjart

. {166} Novamente "À balda"...

. {165} Edgar Morin e a com...

. {164} India Song

. {163} Dois temas

. {162} Ne me quitte pas

. {161} Eugénio de Andrade ...

. {160} Herberto Helder (7...

. {159}A propósito da morte...

. {158} Zeca Afonso

. {157} General Delgado

. {156} Ballet (2)

. {155} Ballet (1)

. {154} Herberto Helder (6...

. {153} Relembrando "Casabl...

. {152} Camané

. {151} "Clair de Lune"

. {150} "I've Got Rhythm"

. {149} Luiza Neto Jorge

. {148} Dharma (11)

. {147} Caetano canta Amáli...

. {146} Ella Fitzgerald

. {145} Dharma (10)

. {144} Jimmy Smith - 2

. {143} Jimmy Smith

blogs SAPO

.subscrever feeds